Outros blogs de Terapia Manual

Terapia Manual na Lombalgia




  • Receba informações de Terapia Manual por email
  • Livros sobre Terapia Manual!
  • Ebooks Gratuitos
  • Grupo de Whatsapp



  • A dor lombar é uma velha conhecida do profissional do movimento. Ela é muito comum e acomete ambos os sexos, podendo ser súbita ou uma dor intensa que permanece por tempo prolongado.

    Estamos falando aqui da dor lombar crônica e inespecífica, que não possui etiologia conhecida.

    Além de não ter uma causa definida, essa dor lombar muitas vezes é um problema recorrente, estudos mostram que as lombalgias relacionadas ao trabalho são recorrentes em 30% a 60% dos casos.

    Com frequência, nossos alunos com lombalgia apresentam padrões de movimentos errados, como:

    • Puxar;
    • Empurrar;
    • Agachar;
    • Postura durante o trabalho.

    Por isso, sempre recomendamos usar padrões de movimento funcional para o tratamento, inclusive podemos aplicar o treinamento funcional nesses pacientes. Os alunos com o problema também apresentam, com frequência, perda de mobilidade lombar e pélvica.

    A melhor maneira de usar a terapia manual na lombalgia é realizar uma avaliação contínua da dor e função do paciente. Assim, podemos perceber quais estratégias estão surtindo resultados positivos e continuar sua aplicação, ou mudar nosso método de tratamento.

    O uso de um tratamento multidisciplinar também é importante, já que proporciona maiores chances de melhora.

    A terapia manual na lombalgia é especialmente eficiente no alívio da dor do nosso aluno. Ela ajuda no alívio de tensões miofasciais que, de outra maneira, prejudicam o tratamento com exercícios.

    O tratamento com terapia manual na lombalgia seria uma maneira de aliviar a dor e recuperar parte dessa mobilidade para permitir o movimento. Considerando as informações acima a respeito da terapia, podemos imaginar que ela seria eficiente para esse objetivo.



    Facilito o seu aprendizado em Terapias Manuais com soluções específicas:



    Comente:

    Nenhum comentário